Rede CeMAIS Criança e Adolescente
Fortalecimento das redes, entidades e fóruns da sociedade civil para a promoção e defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes. Em especial, crianças em situação de rua e/ou vulneráveis de violação de direitos.

O objetivo principal é aprimorar o fluxo de atendimento do Sistema de Garantia de Direitos das Regiões Metropolitanas de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vitória, Goiânia e Salvador.

Clique no link para acessar o Modelo de Mapeamento.
SERVAS - SERMAIS (2016)
O projeto teve como objetivo proporcionar maior qualidade de vida a idosos residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) de Belo Horizonte, fomentando o trabalho voluntário como forma de ocupar o tempo ocioso dos idosos. Também foram prestadas orientações quanto à gestão estratégica dessas instituições.
SERVAS - Barra Longa (2016)
O projeto teve como objetivo o fortalecimento das lideranças locais, estimulando ações para o desenvolvimento sustentável e promovendo o compartilhamento de experiências e práticas, frente ao fato do rompimento da Barragem de Fundão e os problemas dele decorrentes.
CEFET - Operação Brasil (2014)
Projeto desenvolvido pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET) que possui uma parceria com a ONG Opération Brésil.

Teve o objetivo de melhorar as condições de funcionamento de creches e desenvolver nos alunos uma sensibilidade social, importante para o exercício de uma cidadania responsável e comprometida socialmente.
CARITAS – Setubinha (2014)
Realização de capacitação em Setubinha – MG para estimular a formação de uma rede jovem de garantia da dignidade e liberdade humana, levando informação qualificada para jovens e educadores no tema Fraternidade e Tráfico Humano, instrumentalizando-os para a ação.
Águas do Saraiva (2013 a 2015)
O principal objetivo do Águas do Saraiva, realizado entre 2013 e 2015, foi a recuperação de 50 hectares de mata e quatro nascentes, melhorando consideravelmente a qualidade da água na cidade de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Estima-se que mais de 10 bairros da cidade foram diretamente beneficiados.
SES – Dengue (2013)
O CeMAIS desenvolveu ações de mobilização da população em municípios que apresentavam alto índice de infestação do mosquito Aedes aegypti.
SES – Mães de Minas (2013)
Neste projeto, a sociedade foi mobilizada para a redução da mortalidade materna e infantil em Minas Gerais.
SES – Outras doenças (2013)
Foram desenvolvidas ações intersetoriais de mobilização para prevenção de Doenças Pulmonares Obstrutivas Crônicas – DPOC, Doenças Sexualmente Transmissíveis/AIDS, Câncer – em todas as suas manifestações e para o combate ao Tabagismo, promovidas em municípios de Minas Gerais.
Ciclo de Debate (2011)
Projeto focado na promoção de encontros entre os diversos atores sociais, com o objetivo de discutir temas específicos, promover o diálogo entre os três setores e a construção conjunta de alternativas para a solução das complexas questões que envolvem a sociedade contemporânea.
Idene – Selo (2009 a 2011)
Fomento ao desenvolvimento econômico das regiões do Norte de Minas, Jequitinhonha, São Mateus, Rio Doce e Mucuri, por meio de ações integradas entre os diversos setores da sociedade, estimulando a iniciativa privada a adotar posturas responsáveis de acordo com os pilares do desenvolvimento sustentável: desenvolvimento econômico, justiça social e sustentabilidade ambiental.
PROJOVEM Urbano (2009 2011)
O projeto, realizado entre 2009 e 2011, era destinado a jovens entre 18 e 29 anos que sabiam ler e escrever, mas que não concluíram o Ensino Fundamental. O PROJOVEM foi desenvolvido em 62 cidades e envolveu, aproximadamente, 25 mil jovens. Além desse número de atendimentos, mil funcionários foram contratados.
LABSUAS (2009)
Diagnóstico das necessidades de 700 cidades mineiras com baixo IDH e apoio na Governança Social desses municípios. O projeto previu novas formas de planejamento e gestão social que implicavam em capacitar os gestores da assistência social em processos de interlocução entre conselhos, entes federativos e sociedade civil, tornando-os agentes multiplicadores.
Poupança Jovem (2009)
O Programa Poupança Jovem caracteriza-se como política de juventude voltada à inclusão social em sentido amplo, que abrange não apenas o acesso ao mercado de trabalho, mas também o domínio de instrumentos básicos para a vida no mundo contemporâneo e o exercício pleno da cidadania. Tem como objetivo oferecer aos estudantes do ensino médio das escolas participantes a oportunidade do desenvolvimento humano e social e contribuir para a redução do abandono/evasão escolar, etc.
Revista Governança Social (2009)
A Revista Governança Social foi um periódico do IGS levou aos leitores os conhecimentos de tecnologias sociais existentes, por meio de profissionais, acadêmicos e docentes renomados. Desde a sua criação foram lançadas cinco edições da revista e outras edições especiais, que abordaram temas como Sistema Único de Assistência Social, Responsabilidade Social Empresarial e Desproteções Sociais.
Fórum de Governança Social (2009)
A Revista Governança Social foi um periódico do IGS que levou o conhecimento das tecnologias sociais existentes, por meio de profissionais, acadêmicos e docentes renomados.

Desde a sua criação, em 2008, foram lançadas cinco edições da revista e outras edições especiais, que abordaram temas como Sistema Único de Assistência Social, Responsabilidade Social Empresarial e Desproteções Sociais.
Portal dos Conselhos de Minas (2009)
Este projeto se trata do Portal dos Conselhos de Minas Gerais e dos sites de 33 conselhos estaduais de políticas públicas. Criado pelo IGS, que também administra as páginas de cada conselho, o Portal serve como canal de integração entre os conselhos. As ferramentas permitem divulgar e estabelecer laços entre os conselhos e a sociedade.
Encontros Intersetoriais (2009)
Os Encontros realizaram a capacitação e a qualificação dos conselheiros estaduais de políticas públicas. Composto por palestras e outras atividades relacionadas à atuação dos conselheiros, o evento tem como principal objetivo tornar os conselhos estaduais mais ativos e mais atuantes no estado mineiro.
IGS (2007)
Este projeto é baseado no fomento do controle social, além de possibilitar que as Associações e Fundações que tivessem celebrado termos de parceria ou convênios com o Estado, se pautassem por uma gestão profissionalizada para o alcance de resultados de forma econômica e eficiente.
IDENE – Rede Participativa
A Rede Participativa de Elaboração de Projetos Comunitários auxiliou a auto-organização das comunidades atendidas, visando o fortalecimento das redes sociais que as envolvem, por meio da capacitação de lideranças para a elaboração e gestão de projetos na busca de parcerias. A Rede visitou sete cidades mineiras e atendeu mais de 100 pessoas.
Fortalecimento dos Conselhos
A partir de um diagnóstico da situação dos Conselhos Estaduais de Políticas Públicas, o projeto percebeu a necessidade de se elaborar um programa de capacitação para os conselheiros. Dessa forma, o programa priorizou aspectos teóricos e práticos da importância do papel dos Conselhos na execução da política pública, bem como técnicas de facilitação, elaboração de um plano de ação.
Comitê de Bacias Hidrográficas
O projeto envolveu um conjunto integrado de ações com o objetivo de fortalecer institucionalmente os Comitês de Bacias Hidrográficas para o exercício de sua competência legal, fornecendo instrumentos e ferramentas gerenciais para que esses espaços de exercício pleno da governança social pudessem cumprir, de maneira mais efetiva, seu papel na política de gestão dos recursos hídricos.
Mostrar Mais