Idosos recebem serenata

Na última quinta-feira (6), o Lar de Idosos Recanto da Saudade, no bairro Salgado Filho, em Belo Horizonte, teve uma tarde especial, com a presença do músico Bernardo Dias. Os idosos e funcionários da instituição assistiram a um show emocionante, ao estilo de uma seresta, com um repertório variado, que passou pelas belas canções de Roberto Carlos, Dolores Duran, Ataulfo Alves, Pixinguinha e Cartola.


A ação partiu de uma iniciativa voluntária do cantor, por intermédio do CeMAIS – Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais, que, ao iniciar um projeto voltado para as músicas mais antigas, resolveu oferecer sua apresentação ao público idoso. “O Recanto da Saudade abriu essa oportunidade para eu vir aqui e apresentar esse repertório tão especial para pessoas tão especiais e que conectam diretamente com essas músicas”, conta.


Toda a apresentação foi organizada do lado externo, tomando as devidas precauções de distanciamento. Para a coordenadora do Lar, Marluce Lima Jardim, o momento proporcionou alegria aos idosos. “Um evento como este, neste momento de pandemia, é muito importante, pois traz interação entre eles, valoriza a independência dos idosos porque o músico dá liberdade para que escolham a música, trazendo grandes lembranças a eles. Só temos a agradecer ao Bernardo e ao CeMAIS”, diz.


Agenora Ferreira de Lima, 81 anos, adora música e amou o show. “Hoje era um dia muito triste pra mim, mas eu fiquei muito feliz com a vinda do Bernardo aqui no Recanto. Espero que ele venha sempre nos visitar”, revela. Quem também aprovou a serenata foi a poetisa Elisa Mungo, de 84 anos. “Eu senti muita emoção porque eu nasci para a música e para o amor. Cada vértebra da nossa coluna tem uma sintonia com uma nota musical. Quando ouvimos música, todo o nosso corpo se harmoniza. A música preenche a nossa vida e dá muita alegria”, destaca.



Dias em Serenata


Bernardo Dias começou seu caminho musical profissionalmente aos 17 anos. Dedicado ao seu violão, tocou em bares da cidade de Governador Valadares. Anos depois, ingressou no Vitrolas, onde atuou por 12 anos como guitarrista, gravou três discos e viajou todo o país divulgando sua música. Após 15 anos na estrada, fixou residência em Belo Horizonte.

Com a chegada da pandemia e todos os desafios que ela trouxe, o músico não se intimidou e, inspirado no Dia das Mães, criou o projeto Dias em Serenata. Bernardo mergulhou em um repertório de canções antigas, tempo das serestas do seu avô compositor e tem reencenado o clima das serenatas pelas ruas de Belo Horizonte, levando a música à porta da casa das pessoas como presente e forma de carinho para quem está distante.

50 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

© 2020 CeMAIS |  Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Ápice  | CNPJ : 08.415.255/0001-27