Boas práticas: Pesquisa e Diagnóstico

Entender o novo cenário é imprescindível para sabermos como agir. O Instituto Ânima foi uma das organizações sociais de atendimento à população idosa de Belo Horizonte convidada para apresentar no encontro Conexão Boas Práticas 60+. Entre as ações que estão realizando durante a pandemia de covid-19, deram destaque para a pesquisa respondida por cerca de 800 idosos do público de 2.000 já atendidos pelo Instituto.


A pesquisa teve como objetivo dar um feedback para o idoso sobre a paralisação das atividades presenciais, entender o acesso à internet e às ferramentas de comunicação digital e também sobre o tipo de conteúdo que gostariam de receber.

Os dados apresentados pelo Instituto Ânima mostram que 95% dos idosos responderam ter celular e 90% têm acesso à internet. O WhatsApp é usado por 86% e 58% têm alguém da família para ajudar com o uso de celular e computador. A TV é frequente na vida de 89% dos idosos atendidos pelo Instituto Ânima e 60% querem fazer cursos on-line, enquanto 39% não querem cursos, mas gostariam de interagir virtualmente com outros idosos.


Com o intuito de dar ainda mais credibilidade aos dados coletados, a equipe do Instituto Ânima foi em busca de informações sobre o perfil de uso de internet pela população 60+ na região sudestes do Brasil e encontrou uma pesquisa de 2018, que mostrou que 32% estão conectados.





0 visualização