A importância de compartilhar conhecimento em tempos de crise

Plataforma Longeviver coloca à disposição dados sobre a Covid19 para avaliar o impacto sobre a população idosa, em todas as cidades brasileiras


Pessoas com mais de 60 anos constituem o grupo etário que mais cresce e que mais demanda serviços de saúde e de assistência social no país. Esse cenário se agravou na pandemia do novo coronavírus. No Brasil, essa população ultrapassa 32 milhões de indivíduos e acompanhar, resolver suas necessidades, superar dificuldades imediatas e atender aos desejos dessa parcela da sociedade é um desafio que começa a ser enfrentado pelos agentes sociais.


De acordo com o professor Eduardo Francisco, da Fundação Getúlio Vargas, a informação adequada é essencial para o entendimento das questões específicas das pessoas idosas perante os riscos sociais advindos do novo Coronavírus e dos outros, decorrentes da própria condição das cidades brasileiras, onde os 60+, em um futuro próximo, serão maioria.

Dada a relevância do impacto causado pela Covid-19 entre os 60+ tornou-se urgente uma abordagem específica. Seguindo as recomendações metodológicas dos especialistas internacionais, a Plataforma Longeviver criou e colocou gratuitamente à disposição da sociedade, o Monitor Covid 19, painel de indicadores relacionados à pandemia com informações agrupadas por cidade.


Na plataforma, os conselhos e outras entidades da rede de proteção da pessoa idosa podem encontrar dados de várias fontes oficiais, agrupados e organizados. E analisar como essas condições influenciam a qualidade de vida das pessoas idosas em cada uma das cidades brasileiras e, inclusive, comparar os indicadores quantitativos recomendados pela Estratégia Brasil Amigo das Pessoas Idosas (EBAPI).


A iniciativa segue a recomendação de Átila Iamarino - uma das vozes que os brasileiros ouvem para tentar entender a pandemia -, e tenta resolver a necessidade e a dificuldade de se encontrar os indicadores de cada cidade para entender o que acontecerá no Brasil pós-pandemia. A plataforma oferece uma visão geoestatística dessas informações e a possibilidade da análise cruzada com outros indicadores referentes às condições da população 60+ do município.


Com muita simplicidade, a interface pretende difundir a leitura dos dados da Covid-19 vinculada às necessidades das pessoas idosas. Seus formuladores acreditam que somente com o uso intensivo de tecnologias digitais, os agentes públicos e sociais poderão avaliar o impacto de suas iniciativas e investimentos, alcançando uma gestão adequada dos recursos colocados à disposição dessa causa social, seja na guerra contra o vírus ou na adoção de políticas públicas que possam mitigar riscos futuros para as nossas cidades.

O acesso à plataforma é gratuito. Visite: http://plataforma.longeviver.com/covid19/


36 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

© 2020 CeMAIS |  Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Ápice  | CNPJ : 08.415.255/0001-27